quarta-feira, 21 de maio de 2008

Sentimento

"Sentimento. Vemos o sentimento como algo bonito mas nem sempre o é. Eu sinto que a sociedade de hoje em dia mudou. Antes, as pessoas era unidas, apoiavam-se, ajudavam-se mutamente. Agora, os sentimentos que invadem a sociedade sao de descriminação, solidão, falsidade, algo que nao consigo explicar. Não entendo como alguem passa por outrem amigo com muitos sorrisos, vira costas e lança "rumores"dessa mesma. Como excluimos alguem se for de cor, ou se se vestir de froma diferente, por ter culturas diferentes, nao imaginamos o sentimento de descriminação que cresce dentro dessas pessoas e tornam-se solitários. Palavras lançadas em vão, "adoro-te" ditos por tudo e por nada sem muitas das vezes sentirmos o que dizemos. Diz-se que todas as pessoas sao diferentes mas nem sempre é assim. A maior parte das vezes as pessoas são o que lhes convém, vestem-se copiando-se umas às outras, não tem opiniões formadas, apenas concordam o que já alguém disse. Quero de volta uma sociedade unida, uma sociedade em que possamos confiar nas pessoas. Vamos deixar de lado a descriminação e unirmo-nos, por uma sociedade notável de que nos orgulhemos."

Ana Nogueira (ou Nitinha)

4 comentários:

Dreama disse...

Nesta sociedade em que vivemos o Homem tem muitas "mascaras", vejamos as mulheres...
Elas são mães, esposas, empregadas, amigas, vizinhas, tias, madrinhas, avós... E para cada papel adoptam uma máscara e é por isso que o Homem se foi habituando a este estádio camaleão e por isso às vezes este estádio acaba por magoar quem o rodeia...

Loucura disse...

Será q os sentimentos existem mesmo, ou a sociedade já encarregou de fazê-los desaparecer?

mímica disse...

É muito raro haver pessoas de jeito neste mundo. Eu noto isso, constantemente. As pessoas que convivo diariamente são uma merda autêntica (desculpa a expressão), mas é a única coisa que me veio a cabeça (e foi a palavra mais soft).
As pessoas discriminam por tudo ou por nada quer seja a nível físico, psicológico, sexual, etc.
Cada vez tenho menos esperanças nesta Humanidade. Como já dizia uma outra: "Eu adoro a Humanidade. O que me irrita são as pessoas".

(Un)Hapiness disse...

humano diz ser o homem...mas será que o é sempre? não me parece...

gostei especialmente da parte em q dizes que se diz "adoro-te" banalmente...algo que não entendo...e que me irrita profundamente!!

kiss**

como sempre, falas de temas importantíssimos :)