sábado, 12 de julho de 2008

Violência numa relação

É triste quando estamos perante cruéis realidades que nos são apresentadas sob a forma de estatisticas. Hoje, vi uma que dava origem a uma noticia , na tvi, e dizia o seguinte: numa em cada quatro relações de namoro, uma das duas pessoas que entram nessa relação, sofre de violência, quer seja física, quer seja psicológica. E isto não acontece só em situações de namoro, como é conhecido, também se verificam estas situações em casamentos, infelizmente.
Que é feito do amor? Do amor verdadeiro? Não é muito bom ver algo assim não... Pode ser que com o tempo cada vez mais e mais pessoas possam descobrir as verdadeiras formas do amor, que não a violência, ou então, que essas pessoas que agridem ganhem nem que seja um pouco de consciência. Até lá, que as vitimas ganhem coragem e nao se inibam, apesar de ser algo dificil de se fazer, pois não merecem ser tratadas dessa forma, ninguém merece ser tratado dessa forma .
Mundo este! Mundo este que seria muito melhor sem violência!...

2 comentários:

mímica disse...

Pois concordo contigo! Mas é que o problema é que ainda há pessoas que toleram a violência doméstica, dizendo que é "normal".
Ele(a) bate-me porque tem ciúmes, ou seja, gosto de mim a sério.
Enfim, gente que foi educada assim em que uma relação só funciona se houver um dominador e um dominado, um rei e um escravo.

(Un)Hapiness disse...

malditas aparências. malditas mentalidades que nos conduzem a n querer ver o que se passa na casa do vizinho.

maldita violência sem fim.

kiss, voltei menina ;)