terça-feira, 2 de agosto de 2011

Parte do que sou

O blogue M. - parte do que sou completou os 200 seguidores e então a autora daquele containho com tão belos textos, propôs um desafio com as seguintes regras:
-1. Completa a seguinte frase: "Parte do que sou deve-se a..."
Parte do que sou deve-se às pessoas que passaram pela minha vida. Ainda mais por aquelas que ficaram e que trago no meu coração, porque deixaram a sua marca em mim e nas minhas vivências.
-2. Responder às seguintes perguntas: O que faz parte de ti?
De mim fazem parte momentos, memórias de bons tempos, saudades irremediáveis, amores e desgostos, desilusões e surpresas e também novas esperanças. E como disse acima, também fazem parte as marcas que as pessoas deixam na minha vida.
-O que gostavas que fizesse parte de ti?
Gostava de ter menos saudades e mais vivências, mais aproveitamento dos momentos, mais sentimento e menos preocupação, gostava de mais liberdade dentro de mim.
-O que nunca gostavas que fizesse parte daquilo que tu és?
Não gostaria nada que a ambição demagógica, que não vê a meios para atingir fins, a falsidade, a mentira e a inconsciência viessem a fazer parte de mim, até porque não sou nem nunca fui assim.
-3. Escreve uma frase que mostre aquilo que tu és utilizando as palavras "Parte do que sou"
Uma vez mostrei a um bom amigo meu partes do que sou, de como dividia a vida entre actividades extra-escola e partilhava o meu coração com a minha alma-gémea, mas julgo que algumas coisas escaparam nessa altura, como a determinação que possuo, teimando levar sempre as coisas até ao fim, mesmo enfrentando dificuldades; o meu lado sonhador, que me permite acreditar num mundo melhor e me faça ter uma enorme vontade de ajudar os outros (por isso escolhi o curso que estou a tirar), em finais felizes e até em pequenos pontos de luz em caminhos sombrios, embora seja mais optimista em relação aos outros que a mim; a minha alegria pueril, procurando diversões do tempo em que era criança (ainda que o continue a ser, em parte) e um medo que me acompanha nas relações interpessoais que combato há um bom tempo e que tenho vencido em certas ocasiões, permitindo que faça amigos que carregarei para a vida naquela máquina que bombeia sangue e nos neurónios que transmitem mensagens.
-4. Dizer o que pensas do blog "M. - Parte do que sou"
A primeira vez que passei por aquele cantinho, encontrei uma história e como eu gosto bem de ler, decidi começar pelo princípio da mesma. Assim deve ser, não é verdade? Ao msmo tempo que fiz isso, encontrei outros textos e fui lendo pedaços de cada um e encantei-me com a escrita. Concluindo e resumindo, acho que é um espaço muito bom, com textos de qualidade, coerentes e verdadeiros, que expressam muito bem as ideias existentes e são fáceis de ler e de compreender. É absolutamente recomendado :)
-5. Referir quem ofereceu o selo e de que blog é oficial
O selo foi oferecido pela M. do blog "Parte do que sou" e "Ás de Copas"
-6. Visitar o blog e se gostares do partedoquesou.blogspot.com faz parte dele também.
-7. Oferecer aos blogues que fazem parte de ti.
Ofereço o selo a todos os meus blogues, àqueles onde dou uma espreitadela de vez em quando e cujos endereços coloquei na minha lista para que estivessem sempre à distância de um clique, porque fazem parte de mim, para todo o caso.

2 comentários:

Ás de Copas disse...

oh *___* muito, muito, muito, obrigada! Obrigada não só por completares o desafio proposto no meu selo, mas também pelas palavras que referiste sobre o meu blog

Ás de Copas disse...

muito, muito, obrigada, é o minimo que posso dizer depois de todas essas tuas palavras *.*