sábado, 10 de janeiro de 2009

Tristeza

Cá me esperas.
Vens e conquistas o meu ser nos momentos mais fracos, mas pois, que com a contribuição dos demais e de outras vontades corajosas, o teu lugar é destronado pela alegria, mesmo que esta seja momentânea.
Quando te instalas, convidas o desânimo, o desespero e controlas a minha mente, para que esta se dirija apenas às partes negativas das minhas vivências. Cresces à medida que me rendo e tornas-te quase invencível. Persistes e persistes e não me deixas em paz. Sei que fazes o mesmo com outros e não acho isso, de todo, correcto.
Nos teus momentos de grandeza fazes-me perder o que de bom há à minha volta. Tapas os meus olhos para não ver ou então reduzes a minha visão, para que os pequenos aspectos da vida passem despercebidos e não lhes possa incutir a importância devida.
Comandas-me, vences-me, tornas mais insignificante o meu ser, e ele fica desprovido das suas qualidades e da sua relevância.
Não vives para sempre não. Eu arranjo sempre forma de te eliminar, ou devido às minhas vissitudes e convivências tu acabas por desaparecer.
Minha cara tristeza, hoje não me vences. Hoje já experimentaste o teu poder sobre mim, mas não te deixei subsistir por muito tempo. Talvez venhas amanhã ou depois, como já vieste no passado, mas a alegria vencer-te-á sempre, sempre que esta se fizer sentir tu serás destronada. Pois sabes, tenho verdadeiros anjos na minha vida e contra eles nada podes (tento afastar-te deles o melhor que posso), contra a felicidade que eles me apresentam não há força tua que persista. Hoje não me venceste e no amanhã, desde que hajam condições para tal, uma vez que tu és necessária por vezes, mas somente, por poucas e minimas vezes, também não me vencerás.

5 comentários:

mímica disse...

É assim mesmo, Sara! Destronar a maldita da Tristeza, que quer sempre usurpar o trono da Felicidade à força...
Ainda bem que tens amigos que te apoiam e te mostrem o caminho para a Felicidade. Bjs fica bem!

P.S Tenho um desafio no meu blog para ti. Vai lá e confere!

Dreama disse...

Nunca vi alguém descrever tão bem a tristeza... Pareces conhece-la bem,e isso por um laod é bom, pois conhecermos bem o nosso inimigo faz-nos conseguir derrotá-lo mais depressa...
Deixo-te uma frase que uma amiga minha me dizia sempre que me via mais em baixo "Sorri sempre e serás feliz" =)
Beijinhos

urtigax disse...

Escreves com muita paixão mas tambem falas com essa mesma paixão. E deixo-te aqui uma ditado chines que me ajuda muito.
"Em momentos de tempestade nao construas muros, mas sim moinhos."
Por outras palavras, aproveita as partes negativas para tirares proveito mais tarde.

Bj grande.

Diana disse...

Adorei o texto. Escreves mesmo bem. Ás vezes os momentos tristes tornam-nos mais fortes e ensinam-nos a viver. Pareces ser uma pessoa forte, vejo isso quando dizes "Minha cara tristeza, hoje não me vences."
beijo

Rose disse...

Estar triste faz parte do crescimento minha amiga.

Quem não sabe chorar, não sabe sorrir =')

um texto maravilhoso sara =)