sábado, 2 de maio de 2009

Ilha de emoções…

Encontro-me sozinho nesta ilha de emoções.
Olho o céu e ele nada me diz. Olho a lua e ela nada me diz. Vejo a estrela repousar sobre as águas cristalinas, sussurrando-lhe segredos. Aprecio a ternura adjacente àquela conversa, mas como não sou um indivíduo curioso, não permaneço muito tempo atento ao que é dito e recolho-me no meu silêncio. Esta paisagem nada me diz. Tudo bem que não sou um homem totalmente insensível, reconheço perfeitamente a beleza nela inserida, mas o significado disso não o sei. Perdi-me em feições, em expressões e em encantamentos. Perdi-me em ilusões e em vagos sonhos, esquecendo-me das cruéis realidades. Perdi-me e jamais me voltarei a encontrar, sem aquela peça que falta ao meu puzzle. No entanto, apesar desse vazio, permaneço nesta ilha de emoções, lidando com o que me vêm à mente, e existindo, meramente existindo, vivo a vida conforme me apetece e conforme o que me acontece. Não vivo para mim de certeza. Tempo passa, passa tempo!... É só o que peço. Porque pode ser que com a passagem destes minutos, horas, dias, semanas e meses, a estranheza regresse ao sítio de onde proveio e eu consiga, ao menos, viver!

17 de Novembro de 2008
Autoria de: Sara Silva.

6 comentários:

'C. disse...

no fim de tudo, junta e faz um livro! acredita que tem potencial :)

mímica disse...

Gostei muito do texto! Muito reflectivo e filosófico! O ser humano é um ser social, não consegue viver por muito tempo isolado numa ilha. Apesar de às vezes ser bom o isolamento e o vazio para podermos meditar e encontrar a paz interior que tanto precisamos para nos fortalecer e erguermo-nos.

(Un)Hapiness disse...

quero conseguir dizer que não acredito no teu texto querida...permite-me isso...

**

soggyscheme disse...

pensamentos parecidos com os meus quando me deixo levar pelo incosciente das paisagens, dos gestos e sons do quotidiano. gostei das analogias, gostei muito de te ler.

Fernando d'almeida disse...

Olá Sara! dEsculpa não ter respondido mais cedo...

Obrigada pelo teu comentário simpático! És alguém sincero e que sabe comentar... tenho novo texto! Beijos!

Rose disse...

Leva tempo para conseguirmos compreender o significado da Natureza. Mas é para isso mesmo que vivemos. Para aprendermos a ver a Natureza como parte de nós. Se não a compreendes, então é porque não te compreendes a ti própria. Conhece-te e conhecerás o mundo.

Belo texto :')