quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Pelas crianças

Noutro dia, estava a ver umas coisas na internet e algo me chamou a atenção.
Cliquei e esperei que abrisse.
Era uma notícia sobre crianças maltratadas na zona de Gaia.
Apesar da notícia ser um pouco antiga, isso não impediu que me despertasse para essa realidade. A descrição sensacional da autora, também coloborou para isso.
Fiquei chocada.
Quem tem o direito de agredir de tal maneira uma criança que pode provocar a sua morte?
O caso de Joana e caso de Vanessa são casos bastante conhecidos, que relatam situações destas.
Não entendo... Os pais e/ou parentes das crianças querem exercer autoridade? Libertar a sua raiva e stress acumulado ao fim do dia?
Nada justifica o que fazem.
Se a criança em questão se comportou mal, fez algum disparate, umas palmaditas podem levá-la a aperceber-se do que fez, ou então, umas palavras compreensivas ou duras, se a criança for um pouco teimosa, remedeiam a situação.
Digam-me, acham que uma criança que acidentalemente sujou a roupa com uma ou duas gotas de leite, merece ser espancada, levar pontapés, etc?
Na minha opinião não.
Sou pelas crianças e se algum dia tiver um filho/filha meu/minha, de certo que tomarei as melhores atitudes e valorizarei aquele ser que é do meu sangue, que se formou no meu corpo.
Sejamos pelas crianças!, pois um dia, também já fomos uma e temos sempre esse espirito dentro de nós.

3 comentários:

(Un)Hapiness disse...

Somos realmente pelas crianças.
é incrível como no nosso dia-a-dia, contactamos todos os dias com GENTE que nos parece perfeitamente normal, como tu, como eu, mas a verdade é que quem vê caras, não vê corações...
Apesar de tudo, acho que hoje-em-dia as pessoas estão mais consciencializadas para esta temática e, (ainda bem!!), já não acham que cada um educa os filhos à sua maneira...NÃO!!as crianças são filhos de alguém, mas são em primeiro lugar, seres humanos, responsabilidade da sociedade em geral!!
Esta sim, é uma luta de todos...
bjinhos!

Precious disse...

Eu igualmente crianças de amor e suporto suas direitas!

ana disse...

completamente de acordo ...
nao podias ter mais razao ...
a um filho nao se espanca o amor supostamente e' maior , mas prnto ... ha pessoas capazes de tudu ... beijinhu grande ** anita !

aahh ela tem tanto jeito pa escrever :P