quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Homens e Mulheres

O que nos faz de facto homens e mulheres? A entrada na época da adolescência e inerente puberdade? O fazer amor pela primeira vez? Ou outras primeiras vezes?
No meu ponto de vista o que nos torna homens e mulheres é o nosso crescimento como seres, mas ainda mais importante, como pessoas.
Ao longo desta nossa vida adquirimos experiência e essa mesma leva-nos a não cometer os mesmos erros uma segunda vez, a procurar um amigo porque da última vez que nos encerramos em nós mesmos as consequências não foram boas, a não dizer certas palavras porque magoam, a tomar certa atitude porque as perspectivas são as melhores, etc.
Crescemos com esses factores, com o que nos acontece, com o que vemos, com o que fazemos. Coleccionamos valores que nos guiam ao longo da cavalgante companheira (a vida), mudamos as nossas atitudes e procuramos os nossos caminhos, esquecemos as mágoas e lutamos por um futuro risonho (se a força estiver connosco), tornamo-nos mais conscientes quanto à realidade e ao que nos rodeia e tornamo-nos mais responsáveis. Tornamo-nos homens e mulheres desta maneira. Não será este um dos objectivos de vivermos?

2 comentários:

Pierrot disse...

Entre outros sim cara Sara, entre outros sim...
Mas sobretudo crescer e saber para onde crescer...
Bjos daqui
Pierrot

mímica disse...

Gostei do teu textinho! Concordo com tudo o que dizes. Sermos homens e mulheres tem a ver com a nossa maturidade, enquanto pessoas. Por isso é que há pessoas com muita pouca idade, mas com uma mentalidade de adulto e vice-versa: pessoas adultas com uma mentalidade de adolescente.
Mas atenção!!! Temos de crescer e amadurecer, mas conservarmos sempre uma criança dentro de nós.