quarta-feira, 9 de junho de 2010

O Poeta da simplicidade

"Se, depois de eu morrer, quiserem escrever a minha biografia,
Não há nada mais simples.
Tem só duas datas - a da minha nascença e a da minha morte.
Entre uma e outra coisa todos os dias são meus"

Alberto Caeiro (Heterónimo de Fernando Pessoa)

5 comentários:

Gaara disse...

:)

Sara disse...

Eu adoro Fernando Pessoa e Alberto Caeiro é dono de uma simplicidade que me deslumbra e nada mais acertado que uma homenagem ao Mestre.

adorei:)

TITA disse...

Todos os dias são teus se fizeres da tua vida um hino ao Amor.
Outros farão a biografia.Se quiseres saber algo acerca de ti mesmo,o melhor é sempre perguntar aos outros.Eles conhecem-nos pelo testemunho que damos.

(Un)Hapiness disse...

ADORO! :)

"TODOS OS DIAS SÃO MEUS..."

bjo**

mímica disse...

Só nós conseguimos construir a nossa biografia, trilhar o nosso caminho. :)