sexta-feira, 6 de julho de 2007

Puros pensamentos

Este bocadinho de texto foi escrito por mim e pela minha irmã.

"(..) Perfuras minha sombra sem se quer haver luz que me ilumine. Pois sem ti, os meus dias serão como o cinzento do céu. Não sabias, mas digo-te que te tenho guardado no meu coração. Sinto a tua falta neste momento mas, nada posso fazer, senão , imaginar-te. Nada posso fazer, nada posso esperar, apenas posso viver com o tu na minha memória. "

Este excerto provém da nossa inspiração. Digo-vos, que provém, principalmente, da inspiração da minha irmã, pois ela possui um dom excepcional para a escrita.
E, tenho que dizer, que gosto bastante deste excerto.
É difícl quando nos entendemos especialmente com alguém e, após um tempo, após uma data de vivências, de conversas, de gestos, sabemos que nunca mais iremos ver essa pessoa tão especial.
É disso que este excerto fala.
Espero que gostem.

beijinhos

3 comentários:

Myself disse...

ola maninha!

ta muito giruh.

porem atrevo-m a dixer k t escapuliu uma pekena mentira.. n tenhu um gand jeito pa escrita..

continua axim com posts jeitosos!

bjinhus

Gisela Lourenço disse...

Muito bom,gostei,Parabéns ás duas manas plo belo excerto...

Beijinhos

P.S-Serás sempre Benvinda lá no meu bloguesito...
:)

Pedro Bernardo disse...

Olaaaa...vou voltar a ler isto sen se te importares...

Frases lindas*

ps» desblokeia.m xD